quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

*Amor de verão*


                                            imagens do google

Aquele amor, de verão
Que trago no coração
Vou levar para eternidade.
Nas margens daquele rio,
Quando você surgiu
Por alguns instantes
Meu coração parou.
Você foi se aproximando,
Suas mãos macias
Deslizavam em meu corpo
Seus beijos molhados
Saciavam minha sede de amor
Meus olhos foram fechando
E a você me entreguei,
Ali na relva molhada
Com sereno da madrugada
Por você me apaixonei
Senti meu corpo tremer,
Ali tudo aconteceu,
Era só você e eu.
Jesus nosso senhor.
Rabiscos de aninha
Publicado no Recanto das Letras em 01/12/2010
Código do texto: T2648099



Um comentário:

  1. Me lembra de uma Fase vivida minha,Muito lindo seu
    Poema!

    ResponderExcluir